1 de Dezembro de 2019

I Domingo do Advento

Ano A

Viver na noite como em pleno dia é o desafio do Advento: o Senhor que esperamos dá uma luz diferente a tudo o que fazemos.

Is 2,1-5; Sl 121 (122); Rm 13,11-14a; Mt 24,37-44

Entramos no Advento com esta consciência: a expectativa do Senhor que vem já ilumina o nosso hoje. Mesmo nas trevas da noite podemos caminhar na luz do Senhor; podemos mesmo viver como filhos da luz, como em pleno dia. Esta atitude não nos pede para fugir das realidades mais comuns e cotidianas, nem para procurar lugares ou compromissos alternativos. Pelo contrário, pede-nos que continuemos a viver as coisas como sempre, mas com um coração transformado pelo Senhor que esperamos encontrar. Os contemporâneos de Noé, nos adverte Jesus no Evangelho de Mateus, comiam, bebiam, tomavam esposa e marido; em si não faziam nada de mal, mas realizavam as ações indispensáveis à vida humana. Se não se come, não se bebe, não se casam e não têm filhos, a vida humana desaparece da terra. No entanto, paradoxalmente, nada disso lhes permitiu sobreviver, porque “veio o dilúvio e arrastou a todos”. O importante é viver cada compromisso reconhecendo que não está nele o fundamento de nossa vida, mas no Senhor, que vem para dar-lhe sentido. Então certamente devemos comer, beber, ter filhos, mas na expectativa do Senhor que vem, buscando a vontade de Deus, os sinais de sua presença; baseando não em nós, mas Nele, o sentido e a realização de nosso anseio.

Comentário da Comunità di Dumenza
Tradução do f. Paulo Domiciano, Curia Generalizia

Pin It on Pinterest

Share This

Questo sito utilizza i cookie per fornire la migliore esperienza di navigazione possibile. Non utilizza cookie per finalità commerciali né fornisce a terzi le informazioni sugli utenti. Continuando a utilizzare questo sito senza modificare le impostazioni dei cookie o cliccando su "Accetta" permetti il loro utilizzo. Per saperne di più sui cookie, clicca su maggiori informazioni

Questo sito utilizza i cookie per fornire la migliore esperienza di navigazione possibile. Continuando a utilizzare questo sito senza modificare le impostazioni dei cookie o cliccando su "Accetta" permetti il loro utilizzo.

Chiudi